O site da Inteligência Emocional & Motivação utiliza cookies. Saiba mais sobre nossas Políticas de Cookies clicando aqui. Ao navegar você concorda com a sua utilização.
Saiba mais sobre os cookies em nossa Advertência Jurídica e Políticas de Privacidade

As 6 Leis da Autorresponsabilidade Que Farão Você Alcançar o Sucesso

As 6 Leis da Autorresponsabilidade Que Farão Você Alcançar o Sucesso

Hoje eu vim falar sobre  as 6 seis leis para a conquista da autorresponsabilidade para você conquistar o sucesso pessoal, profissional e financeiro para a sua vida.

1° Não Criticar os Outros – a primeira lei da autorresponsabilidade é… se for para criticar se cale, às vezes  mesmo sem querer abrimos a boca exclusivamente para criticar o nosso colega, vizinho, amigo, parente,etc. Você é o único responsável pelos resultados que tem na vida, seja um casamento ruim, um emprego que não gosta, vida financeira horrorosa e por aí vai.

Talvez você diga, ah Fábio mas você não conhece a minha esposa, ela é uma jararaca. Eu respondo com outra pergunta:quem escolheu casar com ela? Alguém colocou um revólver ou uma faca no seu pescoço e coagiu você a casar? Percebe o que eu quero dizer?

Então é muito importante que antes de criticar você foque no que é bom, no que é positivo. quando a gente deixa de criticar o nosso subconsciente coloca foco na solução e assim inconscientemente você começa a tomar decisões mais acertadas a ser mais proativo para atingir os seus resultados.

2° Não Reclamar –  se for para reclamar de sugestões. Uma pessoa que reclama tenta se eximir dos acontecimentos, ela olha de fora, é como se ela gostasse de ver o circo pegar fogo e ao invés de tentar apagar o incêndio. Pessoas vitoriosas não vivem reclamando, elas focam no que tem de bom, no que elas podem melhorar.

Pratique a gratidão, seja grato pelo que tem, faça disso um hábito, todas as manhãs agradeça em voz alta a Deus por tudo o que você tem. E tem uma enorme diferença entre Gratidão e Resignição. Na primeira você toma a decisão de ser feliz com a sua vida atual mas sempre em busca de conquistar suas metas e objetivos, de melhorar, na segunda você se conforma e acha que nada pode ser melhorado. Percebe a diferença?

Outro benefício de praticar a gratidão é que você libera principalmente o neurotransmissor chamado dopamina, ele é responsável pela sensação de realização.

3° Não Buscar Culpados –  se for para buscar culpados busque uma solução. Neurologicamente é um grande perigo quando o seu cérebro, a sua mente recebe a mensagem de que o resultado insatisfatório de qualquer coisa é culpa do outro, porque o seu subconsciente passa a aceitar aquela situação, ele entende que aquilo não depende de você mas sim depende de a, b, c, ou d, e aí você vive nestas circunstâncias pelo resto da sua vida. Lembre-se, o que a gente foca expande, se você resolveu focar nos problemas eles se tornarão ainda maiores, mas por outro lado se você decidiu focar na solução você terá um horizonte muito maior e caminhos cada vez mais abertos.

4° Não Se Fazer de Vítima –  é realmente impressionante como várias pessoas têm o hábito de se fazer de vítimas, de se colocar numa situação de inferioridade, de pobre de coitadinho. Vamos primeiro entender a origem desse comportamento: imagina uma criança que os pais trabalham. Essa criança tem outros irmão, em muitos momentos ela se sente sozinha, se sente carente, ela sente a falta da atenção e do carinho dos pais. Digamos que dia essa criança adoece, o pai falta ao serviço, a mãe fica preocupada e eles dormem perto dela, eles dão toda aquela atenção que a criança sempre precisou e mereceu.

Depois de passar um tempo ela melhora e depois que ela melhora tudo volta ao normal, os pais focando nos trabalho e a criança seguindo a vida dela e mais uma vez ela adoece, os pais voltam toda a atenção para essa criança novamente e ela melhora e isso vai repetindo diversas vezes. O que acontece com essa criança? o que acontece na cabecinha dela?

Forma-se uma programação na mente dela que é a seguinte: para eu ter a atenção dos meus pais eu preciso estar doente, eu preciso passar mal, e essa criança cresce fragilizada ela vira um adulto que, para ter a admiração e atenção das pessoas ele precisa de ser tornar inferior, se fazer de vítima porque ela aprendeu isso na infância, e isso é perigoso porque de tanto se fazer de coitada ela não consegue enxergar as oportunidades, ela deixa de crescer porque o inconsciente dele entende que precisa ser pequena, é aí que a gente vê a autossabotagem, a pessoa tenta se destruir porque ela entende que não tem que se fazer vencedor, que para crescer ela precisa se fazer de coitadinha, e fato isso funciona, porém é durante um curto período de tempo porque as pessoas irão cansar dela.

as 6 leis da autorresponsabilidade

As pessoas logo voltam às suas atividades normais, aos seus afazeres porque ninguém pode viver a vida inteira consolando, bajulando outra pessoa e aí essa pessoa vai se sentindo sozinha e muitas vezes até entra numa depressão.

5° Não Justificar Seus Erros –  se for para justificar seus erros aprenda com eles, o erro é uma etapa fundamental da aprendizagem, o erro é a parte mais importante do desenvolvimento humano, sem erro a gente não consegue aprender, muitas pessoas por terem sido criticados ou humilhados perante um erro entraram num processo de debilidade emocional, então hoje essas pessoas se negam a enxergar o erro, e se negam a aceitar o erro, mas a boa notícia é que não existem erros, existem apenas resultados.

Resultados daquilo que você fez e a partir desse resultado você pode decidir o que é preciso fazer diferente, o que precisa mudar ou que eu precisa manter. Existe aquela famosa frase que diz:”loucura é fazer as mesmas coisas e esperar resultados diferentes”

Então para a gente começar a direcionar nossas ações é importante assumir, aceitar e corrigir os nossos erros.

6° – Não Julgar as Pessoas – a sexta e última lei da autorresponsabilidade é, se for para julgar alguém julgue a atitude dessa pessoa, quando alguém nos ofende qual é a nossa principal reação? Você não sabe qual a realidade que a outra pessoa vive, seu medos, anseios, desejos, dores e desafios, assim como ela não sabe os seus, e tenho certeza que você não gostaria de ser julgado. Outra frase que gosto muito diz:”Os outros me imaginam, eu tenho certeza de quem sou”. Aplique esse conceito quando se pegar julgando os outros.

Aplicar as 6 leis da autorresponsabilidade exige uma disciplina enorme porque é uma mudança de hábito, e você passou 20, 30, 40, 50 anos com  hábitos ruins e agora você vai ter que alterar para hábitos novos então isso vai exigir um pouquinho de disciplina, e a minha sugestão é que você escreva essas leis em um pedaço de papel e coloque naqueles lugares que você frequenta, imprima e deixe elas na sua mesa de trabalho, na sua mesa de estudos, enfim, esteja sempre em contato com essas leis e eu tenho certeza absoluta que se você adquirir esses hábitos sua vida vai subir para um nível que você nunca sonhos antes.

E como agradecimento por você chegar até o final deste artigo eu vou deixar um presente, a Folha da Produtividade Extraordinária que vai te ajudar a aumentar o seu foco e a sua produtividade, basta clicar aqui e baixar.

E curta nossa Fanpage no Facebook Inteligência Emocional & Motivação.

Grande abraço e até a próxima!

Envie seu comentário

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE